Bolsonaro emite um comunicado que vai fechar parcialmente a fronteira do Brasil com Venezuela

Depois dos últimos acontecimentos sobre o coronavírus, o presidente diz que o trânsito de mercadorias continuará a prosseguir.

PUBLICIDADE

Depois da decisão de manter apenas o trânsito para mercadorias, a portaria será publicada no “Diário Oficial”, dessa quarta (18). Mas o presidente Bolsonaro, não se deve ter “histeria” com o coronavírus. Ainda nesta terça-feira(17) o presidente Bolsonaro, emitiu um comunicado para o fechamento frontal da fronteira do Brasil com a Venezuela, em Roraima.

Durante uma entrevista à imprensa na Portaria do Palácio da Alvorada, ele deu a informação que vai ser publicada no “Diário Oficial da União, e ainda provavelmente o tráfego de mercadorias continuará liberado.

“Eu não pretendo dar critica a qualquer governador, mas alguns estão tomando as medidas certas, outros no meu pensar, já estão se excedendo. A ideia de fechar de imediato a fronteira da Venezuela, é a mais sensível de momento. Mas infelizmente outros acham que a palavra fechar a “fronteira”, trata se de uma palavra mágica na ideia deles. Mas se a gente conseguisse fechar a fronteira, como muitos pensam, não existiria mais entrada de arma de fogo e droga no Brasil. Além disso vale lembrar que ainda, existe 17 mil quilômetros de fronteira”, diz o presidente.