Impeachment de Jair Bolsonaro, realizado hoje (17/3) e não foi o primeiro! Já foram feitos outros 10

Pedido realizado pelo Deputado Leandro Grass

PUBLICIDADE

Primeiro pedido de Impeachment protocolado chega a câmara dos Deputados nesta terça-feira (17/3), feito pelo Deputado Leandro Grass do Distrito Federal, que segundo ele, Jair Bolsonaro cometeu crime de responsabilidade ao incentivar a manifestação contra o Congresso e o Poder Judiciário.

Foram citadas a participação do Presidente nas recentes manifestações neste último domingo, quebrando o protocolo de que não deveriam ser realizados nenhum tipo de aglomerações por conta da pandemia do novo corona vírus, o atual Presidente ainda comparou a crise como uma ‘histeria’ e que não se passa de um ato intimidador para afastar seus eleitores. Ele será submetido a realização de novos exames.

PUBLICIDADE

O pedido de impeachment  vem seguido das seguintes clausulas: 1) realizou apoio e convocação as manifestações no ultimo domingo dia 15 de março de 2020, por meio de divulgações por meio de suas redes sociais infringindo o apelo de isolamento dos cidadãos e colocando em risco novas contaminações, bem como por pronunciamento oficial realizado em uma viagem aos Estados Unidos no dia 7 de março de 2020, alegou o diário de Oficio da Câmara.

O Deputado Leandro Grass ainda alegou crime o ato do Presidente de redigir ofensas de cunho sexual a repórter Patrícia Campos Melo. Ainda houve ,alegações sem provas, de que o primeiro turno eletivo do ano de 2018 tenha sido fraudado.

PUBLICIDADE

Este não é o primeiro pedido de impeachment protocolado para o Presidente realizado na Câmara, pois já foram feitos outros dez!

As atitudes de Bolsonaro na última manifestação realizada em Brasília condiz que ele acenou para os manifestantes e ainda os cumprimentou, e não satisfeito pegou o celular de alguns manifestantes para tirar selfies como um ato de boa fé , o ocorrido foi de frente ao Palácio do Planalto.

PUBLICIDADE

Foram ditos que o Presidente violou preceitos constitucionais, ele teria incorrido a prática do crime tipificado do artigo 268 do Código Penal: infringir uma determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa, não deixou muitas pessoas contentes.

 

PUBLICIDADE

Escrito por V Guimarães

Colunista de todos os assuntos, como tv, famosos, culinaria, medicina, filmes, series, saude, bem-estar, lazer. Gosto de todos os assuntos