Bolsonaro fala que o povo saberá que foi enganado pelas mídias e governantes sobre convid-19

Bolsonaro falou que o povo está sendo enganado pela mídia e governantes sobre a doença.

PUBLICIDADE

Em meio ao pânico que muitos brasileiros estão passando ao longo de algumas semanas por conta do coronavírus, um discurso do atual presidente da república essa semana deixou a população mais confusa e revoltada com o então presidente.

Governantes do estado e junto com o ministério da saúde vem pedindo que a população fique em casa, quem puder realmente ficar lojas, igrejas eventos, escolas tudo foi parado e o Brasil entrou em uma quarentena.

PUBLICIDADE

Porém esta semana Jair Bolsonaro deu uma entrevista e falou q a população deveria voltar suas atividades, que não era motivo para pânico e se referiu ao coronavírus como uma ‘gripezinha e um resfriadinho’ , um vírus super contagioso que já tirou a vida de muitas pessoas em muitos países.

Agora ele deu outra declaração criticando as medidas de isolamento que foi recomendada pelos especialistas da área da saúde para tentar frear a contaminação pelo vírus.

PUBLICIDADE

Com voz alta, o presidente fez questão de defender novamente a situação econômica do país que falou que é mais importante do que a contaminação do convid-19 .

Bolsonaro falou que o povo está sendo enganado pela mídia e governantes sobre a doença.

PUBLICIDADE

“O problema está aí, o desemprego está aí. Anteontem, foi uma desgraça, segundo a mídia, o meu pronunciamento. Apanhei, tava 70% contra a minha pessoa nas mídias sociais. Já mudou. O povo foi enganado esse tempo todo sobre o vírus.

O ue tinha que falar é que o vírus vai vir, isso não foi feito,estamos tentando salvar o máximo de pessoas possíveis preparando hospitais, mascaras e respiradores, infelizmente vamos ter que enfrentar essa doença, e isso está sendo feito. Disse Bolsonaro

Mais uma vez o presidente criticou o fechamento de lojas, escolas e outros estabelecimentos, sem dar exemplos ou dados o presidente disse que já esta vendo alguns países recuarem e fez questão de mandar uma indireta a João Dória (PSDB), governador do estado de São Paulo.

Que esta semana teve um pequeno desentendimento, por meio de reuniões por videoconferência com representantes dos estados.

“Estou vendo alguns governadores voltarem a trás, e abrindo comércios. A segunda onda já começou, que é o desemprego em massa muitos estão perdendo seus empregos, isso já falei a uns 2 dias atrás e fui trucidado pela mídia.

Via: em.com.br

PUBLICIDADE

Escrito por Hosana Oliveira

Sou uma redatora que procura sempre estar bem informada do que esta acontecendo na mídia, faço do meu trabalho um aprendizado a cada dia