Brasil amanhece com triste notícia e chora morte da cantora Vanusa

Um dos grandes nomes da música brasileira estava internada em uma casa de repouso de Santos há dois anos e morreu nesta madrugada.

PUBLICIDADE

Os brasileiros despertaram na manhã deste domingo (8), com uma notícia muito triste. Morreu durante a madrugada a cantora Vanusa, aos 73 anos de idade, vítima de insuficiência respiratória. Ela estava morando há dois anos em uma casa de repouso em Santos e recentemente havia ficado internada na UTI por conta de uma grave pneumonia.

Por volta das 5h30 da manhã, um enfermeiro da casa de repouso notou que a artista não apresentava sinais de batimentos cardíacos e acionou o serviço médico. Uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi até o local e constatou a morte da artista.

PUBLICIDADE

No dia anterior, ela havia recebido a visita de sua filha Amanda e, segundo informações da família, Vanusa se alimentou bem e as duas conversaram e riram bastante.

Ela deixa os filhos Amanda, Aretha e Rafael. Até a manhã deste domingo não haviam sido divulgadas informações dando conta de velório e sepultamento.

PUBLICIDADE

A carreira

Vanusa nasceu no dia 22 de setembro de 1947, na cidade de Cruzeiro, no interior de São Paulo, mas sua criação foi em Uberaba, em Minas Gerais. Aos 16 anos já fazia parte do grupo Golden Lions e suas primeiras aparições na TV foram em programas da TV Excelsior. Seu primeiro grande sucesso foi a canção “Pra Nuca Mais Chorar”, gravada em 1966.

PUBLICIDADE

Durante a carreira, Vanusa gravou 23 discos, venceu mais de 3 milhões de cópias e recebeu diversos prêmios, além de participar de vários festivais internacionais. Também fez parte do elenco do musical “Hair”.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Carlos Eduardo Dias Gouvea

Jornalista esportivo desde 1999, com experiência em coberturas de torneios profissionais e amadores de futsal. Trabalhei nos jornais Alternativa News (Osasco), Gazeta de Votorantim e Editor da Gazeta do Futebol e do SuperFutebol.