Brasil assumirá o segundo lugar no ranking do número de mortos por covid-19 esta semana

Nação que mais mata por covid-19, o Brasil ainda não passou pela fase mais crítica da doença, afirmam especialistas. A dimensão continental do país é um dos fatores que demandam análise comparativa que vai além da consideração dos dados puramente absolutos

PUBLICIDADE

Um levantamento feito pela Universidade Johns Hopkins, o Brasil em poucos dias estará em segundo lugar no ranking de mortes de pessoas por covid19.

Segundo esse levantamento, o Reino Unido que está com mais de 40 mil mortes e o Estados Unidos com 109 mil, superam as perdas brasileiras, mas o Brasil está caminhando para se tornar Líder mundial nessa triste pandemia.

PUBLICIDADE

Quando se é considerado os números oficiais da secretaria Mundial de Saúde, o Brasil já passou a Itália por morte de coronavírus nessa semana e tomou a frente da França e da Espanha.

Dizem os especialistas que o Brasil ainda não passou pela fase crítica da pandemia, isso significa que o Brasil nessa próxima semana estará em segundo lugar por morte de coronavírus atualmente está com 35.930 mortes, em poucos dias esse número irá saltar para 46,8 mil.

PUBLICIDADE

O cálculo pelos especialistas é que nos próximos 10 dias, haverá 925 mil casos confirmados de coronavírus Brasil, é o país que mais possui aumento de óbitos por dia pela doença, segundo a Universidade de São Paulo e a Universidade de Brasília, devido à falta de testagens, os números de infectados e de morte não são reais no Brasil, se todos fossem calculados chegaria a ser 10 vezes mais do que o divulgado.

Com isso provavelmente o Brasil estará no futuro ultrapassando próprios Estados Unidos, estará infelizmente em primeiro lugar de mortes por covid19.

PUBLICIDADE

Se observar as confirmações da doença, por exemplo nos Estados Unidos, já se aproximaram de 1,9 milhões de confirmações da covid19 e o Brasil ultrapassará essa número.

De acordo com o médico Paulo Bus, grande parte das mortes ocorrem pelo fato da precariedade da Saúde Pública, a vida do brasileiro é completamente diferente da vida de um europeu.

A população carente e o sistema de saúde defasado, faz com que se torne vulnerável a epidemia da covid19, outro fator que acrescenta a letalidade no Brasil, é o fato de possuir muitos idosos, essa parcela populacional está mais propensa a contrair a doença.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Marcos Antonio Martins

Marcos Martins, é mineiro da gema, nasceu no dia 30 de abril 1975, tem dois filhos lindos que não sabe se parece com ele ou com sua esposa, é cheio de defeitos, mas as qualidades são perceptíveis.