Brasil em luto! Famoso cantor brasileiro é achado morto no sofá de casa

Aos 69 anos morre o grande cantor e compositor brasileiro

PUBLICIDADE

Um dos grandes nomes da história da música brasileira morreu na manhã deste domingo, dia 26 de janeiro, no Rio de Janeiro

O seu nome era José Antônio de Freitas Mucci, mais conhecido como Tunai, tinha 69 anos de idade. Era irmão de João Bosco e autor do sucesso “Frisson” e de muitos outros.

PUBLICIDADE

O falecimento da figura muito querida e respeitada por todos os brasileiros, principalmente os mais ligados no ramo da música, pelo incrível profissionalismo, carisma e personalidade sempre bem humorada, foi anunciada a TV Globo pelos próprios familiares.

Segundo informações Tunai teria sido encontrado pela sua esposa já sem vida no sofá da sua casa. A morte foi confirmada aproximadamente às 6 horas, e a causa diagnosticada foi parada cardíaca.

PUBLICIDADE

O colunista Mauro Ferreira escreveu em seu blog no G1, neste domingo, dia 26 de janeiro, um texto em homenagem a história do cantor e compositor Tunai, destacando que ele ficará sempre em nossos corações.

O velório deverá acontecer a partir das 12h30 de segunda-feira, dia 27, no cemitério Memorial de Carmo, em Caju. E a cremação do corpo está definida para as 15h30 do mesmo dia.

PUBLICIDADE

Tunai ganhou muita fama na incrível voz de Elis Regina, segundo ele, em entrevista dada ao portal do G1, no ano de 2018, declarou, “A Elis Regina foi o principal vestibular que passei na minha vida”, e continuou ressaltando que foi ela quem viu nele um grande potencial para realização de composições musicais.

Elis Regina gravou diversas músicas de sucesso que foram escritas por Tunai, dentre elas estão:

“As Aparências enganam”, do famoso disco “Essa mulher” do ano de 1979;

“Agora tá”, da série “Saudade do Brasil” ano de 1980;

“Lembre-se”, gravação feita no momento do show “Essa mulher”, no Palácio do Anhembi, em São Paulo (SP),setembro de 1979.

A lenda da música brasileira, era também era formado em Engenharia Civil, e segundo ele, Elis Regina quem foi responsável por ele deixar o canteiro de obra no período de 1970 para seguir a área artística.

PUBLICIDADE

Escrito por Redatora Nh

Escritora desde 2012. Sempre antenada nas redes sociais, por dentro das novidades, estudando e buscando o melhor para transmitir aos nossos leitores.