Caso Fabíola pode revelar detalhes macabros, afirma site

O sequestro da menina possui uma série de detalhes estranhos

PUBLICIDADE

Na noite da última sexta-feira (18), Fabíola Tormes, de apenas 4 anos de idade, foi sequestrada na cidade de Palhoça, localizada no interior de Santa Catarina. De acordo com as informações que se tem sobre o crime, um casal invadiu a casa em que a menina vivia com a sua família e agrediu Simone Tormes, a mãe da garota, fugindo do local levando a menina.

É possível afirmar que o sequestro de Fabíola estava cercado de uma série de mistérios. De acordo com o que foi dito pelos vizinhos da família da menina, o casal responsável pela invasão já vinha rondando anteriormente o imóvel em que ela vivia com a mãe.

PUBLICIDADE

Assim, a polícia começou as suas investigações a respeito do caso e a garota foi encontrada com vida durante a madrugada do último domingo (20). Entretanto, ela estava na cidade de Florianópolis, a capital do estado.

Atualmente, a menina já retornou à sua casa, mas a Polícia Civil, durante uma coletiva de imprensa a respeito do caso, deu alguns detalhes sobre o caso, em especial sobre o local onde Fabíola foi mantida durante o seu sequestro.

PUBLICIDADE

De acordo com as informações citadas pelas autoridades, a menina estava no segundo andar de uma casa, sentada no colo de sua sequestradora, e era abraçada por ela com uma força desproporcional. Assim, ao ver a polícia Fabíola tentou se separar da mulher, mas foi preciso uma longa conversa com as autoridades para que a mulher soltasse a menina.

Ainda durante a ocasião, o delegado revelou uma série de detalhes sobre a casa, que era suja e insalubre.

PUBLICIDADE

 

PUBLICIDADE

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.