Caso Henry: Em entrevista, Leniel Borel fala sobre o último pedido do filho

O pai do garoto revelou que ele chegou a pedir para ficar mais um dia com ele

PUBLICIDADE

Durante uma entrevista concedida à Globo, Leniel Borel, o pai de  Henry Borel, falou a respeito do último pedido que o menino de 4 anos de idade lhe fez antes de morrer. Ainda antes de chegar na casa em que vivia com a mãe, Monique Medeiros, Henry chegou a pedir a Leniel para passar mais um dia com ele.

É possível afirmar que pai e filho estiveram juntos ainda no dia 7 de março, a véspera da morte de  Henry. Entretanto, assim que chegou ao condomínio em que vivia, localizado na  Barra da  Tijuca, o garoto teria pedido ao pai para continuar com ele.

PUBLICIDADE

De acordo com as informações apuradas pelas autoridades, Dr. Jairinho é considerado o principal suspeito do assassinato de Henry. O vereador foi preso ainda na manhã da última quinta-feira (8), juntamente com Monique, que sabia a respeito das agressões que o filho vinha sofrendo.

Ao relatar a respeito dos seus últimos momentos ao lado de Henry, Leniel revelou que quando Monique se aproximou dos dois, o menino chegou a dizer que não queria ir com ela. Então, ele explicou para Henry que precisava trabalhar no dia seguinte e deixou o garoto com Monique, que tentou animar Henry falando sobre as atividades que ele faria no dia seguinte.

PUBLICIDADE

De acordo com o delegado Henrique Damasceno, a Polícia Civil atualmente tem a certeza de que Jairinho era o responsável por agredir Henry.

 

Via: g1.globo.com

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.