Caso Henry: Mensagens revelam que Monique tentou salvar Henry de Jairinho

As mensagens em questão foram divulgadas pelas autoridades na última quinta-feira

PUBLICIDADE

Na última quinta-feira (8), o verador Dr. Jairinho e Monique Medeiros, respectivamente, o padrasto e a mãe de Henry Borel, foram presos sob a suspeita de matar o menino.

A prisão aconteceu durante o período da manhã e os dois foram encontrados pela Polícia  Civil na casa de um parente do vereador, localizada em Bangu. As autoridades não haviam sido informadas previamente que os dois estavam hospedados no local em questão.

PUBLICIDADE

É possível afirmar ainda que tanto Monique quanto Jairo tentaram se livrar dos seus respectivos aparelhos celulares ainda antes da prisão. Entretanto, isso acabou não acontecendo e algumas conversas foram recuperadas pelos investigadores. Nesse sentido, algumas delas chegaram a ser divulgadas pela Policia Civil.

Em uma das conversas divulgadas, Monique aparece conversando com a babá de Henry, Thayná, que chegou a prestar depoimento às autoridades. Tais mensagens revelam que a mãe do menino tinha conhecimento de que ele estava sendo agredido pelo padrasto. A babá chegou a perceber que algo estava acontecendo, visto que as agressões aconteciam no apartamento em que Henry vivia com a mãe e o padrasto.

PUBLICIDADE

Se mostra válido apontar que em um dos trecho da conversa, Thayná revela sobre um momento estranho em que Henry teria ido para o quarto com Jairo e Monique se mostra com medo do que poderia acontecer. Então, ela diz à babá para que vá até o local e diga que ela ligou pedindo para que o menino fosse até uma brinquedoteca.

 

Via: g1.globo.com

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.