Caso Henry: Polícia descobre troca de mensagens entre Jairinho e a irmã sobre ex-mulher do vereador

Nas mensagens em questão, o parlamentar pede para que a irmã cuide de sua ex

PUBLICIDADE

Ainda na semana passada, Elizabeth Machado Louro, a juíza do II Tribunal do Júri, decretou a prisão de Dr. Jairinho, vereador acusado de matar Henry Borel, o seu enteado. Ainda na ocasião da prisão preventiva do político, ele teve o seu celular apreendido pelas autoridades responsáveis pela investigação e, então, uma série de conversas importantes foram descobertas pela polícia.

De encontro ao que foi destacado, é possível afirmar que em uma das conversas a polícia encontrou um diálogo entre Jairo e a sua irmã, Thalita Fernandes Santos. Durante a conversa em questão, o vereador pedia à irmã para fazer carinho em Ana Carolina Ferreira Netto.

PUBLICIDADE

É válido destacar que Ana Carolina é a ex-eposa de Jairo. Os dois foram casados em 2013 e, de acordo com os relatos da ex, o relacionamento foi bastante conturbado, sendo marcado por traições e também por crises de ciúme da parte do vereador.

Ana Carolina ainda relatou que chegou a ser agredida, o que foi confirmado por um laudo da polícia relativo à denúncia feita por ela logo depois do casamento com Dr. Jarinho. Assim, ainda durante a sua conversa com Thalita, o vereador foi informado sobre o fato de que ela havia sido intimada para depor.

PUBLICIDADE

Posteriormente, Jairo pediu à irmã para que cuidasse de Ana, afirmando que os seus advogados já estavam “acolhendo” a sua ex-mulher. O vereador ainda afirmou que ela estava “atacada” devido às denúncias recentes envolvendo o seu nome.

Via: oglobo.globo.com

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.