Caso Henry: Vídeo mostra o momento da prisão de Dr. Jairinho e Monique

O momento em questão foi registrado pela GloboNews e está disponível na web

PUBLICIDADE

A manhã dessa quinta-feira (8) começou com a notícia a respeito da prisão de Monique Medeiros e do vereador Dr. Jairinho, ambos suspeitos de matarem o menino Henry Borel, de apenas 4 anos de idade. O crime aconteceu ainda no dia 8 de março em uma ocasião em que somente os três estavam no apartamento em que a família vivia.

É possível afirmar que as investigações acerca do crime trazem alguns detalhes a respeito do que aconteceu com Henry antes da sua morte. Nesse sentido, existem indícios de que o menino tenha sido torturado pelo padrasto em pelo menos uma ocasião, ainda no dia 12 de fevereiro.

PUBLICIDADE

Assim, os mandatos de prisão preventiva foram emitidos. O casal é acusado de atrapalhar as investigações da polícia por combinar depoimentos com outras testemunhas ligadas ao caso. Além disso, de acordo com as investigações, Monique sabia a respeito das torturas desde a data citada anteriormente, quando chegou em casa e encontrou Dr. Jairinho trancado no quarto com Henry.

PUBLICIDADE

De acordo com as informações veiculadas na web, as autoridades responsáveis pela investigação estava observando Monique e Jairo mais de perto há pelo menos 2 dias e descobriu que ambos estavam em casas de familiares, localizadas em Bangu, Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Então, após reunir as provas e ouvir as testemunhas, a polícia passou a trabalhar com a hipótese citada e descartou por completo a teoria de morte acidental, que foi o ponto de partida da investigação.

PUBLICIDADE

 

PUBLICIDADE

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.