Cássia Kis opina sobre quem seriam para ela os verdadeiros radicais que invadiram o Congresso Nacional

A atriz da Rede Globo se manifestou sobre os atos antidemocráticos.

PUBLICIDADE

A atriz Cássia Kis se manifestou sobre os atos antidemocráticos registrados em Brasília no último fim de semana. Apoiadora declarada do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), a artista insinuou que não fossem bolsonaristas os manifestantes que invadiram os prédios do Congresso Nacional.

Ainda que não tenha indicado quaisquer respaldo probatórios, a intérprete de Cidália, da novela “Travessia” (Rede Globo), afirmou que havia um petista ligado ao MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra) infiltrado nas manifestações.

A veterana das telinhas foi procurada pela coluna F5, do Jornal Folha de S. Paulo, e, para se manifestar, usou uma sequência com oito vídeos. De acordo com a referida fonte, a atriz insistiu na teoria de que os radicais fossem pessoas que estariam infiltradas com o intuito de cometer atos de vandalismo e manchar a imagem do ex-presidente Jair Bolsonaro.