Cerca de 10 pessoas gritam fora Bolsonaro em frente a Assembleia Geral da ONU nos Estados Unidos

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, será o primeiro a discursar no chamado "debate geral" da 76ª Assembleia Geral da ONU, em Nova York, nesta terça-feira (21). Desde 1947

PUBLICIDADE

A comitiva do Presidente da República Jair Bolsonaro teve uma recepção na noite da última segunda-feira e acabou tendo uma confusão de pessoas contrário ao presidente, cerca de 10 pessoas gritavam para o presidente chamado de ‘assassino’ ‘genocida’.

A confusão aconteceu na frente da residência da missão brasileira da ONU, o Presidente chegou a falar que era ridículo poucas pessoas gritarem sobre algo infundado e deveriam pelo menos se organizar melhor.

PUBLICIDADE

Na reunião o presidente da república falou sobre o avanço da imunização da população contra a covid-19 que por sinal está entre as grandes imunizações.

O Brasil já imunizou grande parte da população e em poucos meses terá concluído a segunda dose e tem vencido a pandemia, somente pelos números que tem visto pois o número de mortes tem caído e também o número de contaminados.

PUBLICIDADE

Na reunião da ONU estiveram presentes o presidente do Brasil, dos Estados Unidos, das Ilhas Maldivas, da Colômbia, do Catar e Portugal da Lituânia, Congo, Chile, da Coreia do Sul, da Suíça da Turquia da China, entre outros.

Na chegada do Presidente com a comitiva houve uma pequena confusão na porta, claro que muitos jornais tem alarmado demais o que aconteceu mas na verdade foram apenas 10 pessoas que gritavam genocida, de fora Bolsonaro nada para se alarmar

PUBLICIDADE

Pois final de contas basta se lembrado 7 de Setembro e perceber que a população brasileira está completamente apoiando o presidente da república e dando o aval a ele para que ele faça tudo em nome do povo.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.