Chacina durante festa junina em Anchieta deixa 5 mortos, pai tenta proteger a filha mas ela morre

Pai e filha foram baleados durante a chacina que acabou com cinco mortos em Anchieta, na Zona Norte do Rio, na madrugada deste domingo. Rayanne Lopes, de 10 anos

 

Uma chacina na Zona Norte do Rio, neste domingo dia 28 deixou cinco mortos em Anchieta, pai e filha foram baleados durante a chacina, Raiane de 10 anos foi socorrida e levada para o Pronto Atendimento de Ricardo de Albuquerque, mas não resistiu, seu pai foi levado para o hospital Municipal de Souza Aguiar passou por cirurgia e está em estado estável.

Algumas testemunhas disseram que 4 homens encapuzados com fuzis atiraram de um carro preto, o alvo dos bandidos era a festa junina que estava acontecendo na Rua Ernesto Vieira.

PUBLICIDADE

De acordo com informações, o pai foi baleado quando tentava proteger a sua filha de 10 anos, a escola que a menina estudava, a escola municipal Guilherme Tell, enviou uma mensagem de luto, dizendo toda nossa comunidade está chorando a perda de Raiane, menina carinhosa, doce e meiga.

Além de Raiane, ouvi outras vítimas, Yuri Lima, Yan Lucas, ambos de 23 anos, José de Oliveira de 20 anos chegaram mortos ao hospital, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde Antônio Marcos de 22 anos chegou a ser transferido para outro hospital por falta de vagas, mas não resistiu.

PUBLICIDADE

A delegacia de homicídios investiga o caso, já sabe que na região havia um conflito de facções entre o complexo do chapadão e a favela AZ de ouro e Tatão.

De acordo com informações dos moradores, os atiradores saíram de um Siena preto, segundo relatos de alguns moradores nas redes sociais essa tragédia já era anunciada, segundo a secretaria de saúde, dois dos feridos, tiveram alta do hospital, um homem segue internado no Salgado Filho e outra já foi operada, está em estado estável.

PUBLICIDADE

Uma pessoa publicou nas redes sociais: Negócio aqui ficou feio, tive que voltar de marcha ré, os cara fica mandando recado para os moleques do outro lado, falando que vão matar, que vão entrar, que vão fazer, fica fazendo festinha junina sem nada sem peça e quem sofre com isso são as pessoas que não tem nada a ver, não é uma festa familiar verdade é essa, algumas pessoas estavam no lugar errado na hora errada, como essa a garotinha de 10 anos que levou um tiro e morreu, a polícia segue investigando o caso.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Marcos Antonio Martins

Marcos Martins, é mineiro da gema, nasceu no dia 30 de abril 1975, tem dois filhos lindos que não sabe se parece com ele ou com sua esposa, é cheio de defeitos, mas as qualidades são perceptíveis.