China tem novos casos de coronavírus e cientistas acreditam que o vírus possa estar sofrendo mutação e ficando mais forte

Dados coletados pela medicina chinesa, revelaram que o vírus pode estar sofrendo uma transformação de forma desconhecida, o que torna mais difícil ainda eliminá-lo

PUBLICIDADE

A China está enfrentando um novo surto de coronavírus no país, foi observado pelos médicos do país que o coronavírus está se manifestando de forma diferente, está sofrendo uma mutação.

De acordo com os médicos, isso tem acontecido na região norte do país e esta manifestação está sendo de forma diferente, nos pacientes o vírus não é mais o mesmo como o surto original em Wuhan.

Dados coletados pela medicina chinesa, revelaram que o vírus pode estar sofrendo uma transformação de forma desconhecida, o que torna mais difícil ainda eliminá-lo, vários pacientes do norte do país parecem portar o vírus por mais tempo, nos testes realizados nessas pessoas, demoram mais tempo para dar negativo.

Um dos principais médicos da China, especializado em cuidados intensivos disse em entrevista ao canal da TV estatal, que os pacientes que estão sendo infectados principalmente na região norte do país, demoram de uma a duas semanas para apresentar os sintomas do coronavírus.

PUBLICIDADE

A demora atrapalha na identificação dos casos, para as autoridades isso faz também com que muitas outras pessoas sejam contaminadas, pois sem os sintomas e sem o diagnóstico prévio, muitas pessoas são contaminadas por aquele paciente infectado.