China volta a registar 46 novos casos de COVID-19

Pelas noticias avançadas pelas autoridades chinesas, nos últimos 3 dias a China só tinha registado novos casos do coronavírus que tinham vindo de fora, ou seja importados.

PUBLICIDADE

Pelas noticias avançadas pelas autoridades chinesas, nos últimos 3 dias a China só tinha registado novos casos do coronavírus que tinham vindo de fora, ou seja importados.

Nesta altura foram registradas mais 6 mortes, sendo que 5 delas na cidade de Hubei. Por isso a China, confirma agora 46 casos novos do coronavírus, sendo que o coranavírus, foi transmido no local.

PUBLICIDADE

Divulgado pelas autoridades sanitárias da China, hoje domingo dia 22. Pelo que foi divulgado há 3 dias os novos infetados seriam importados de fora da China.

Sábado, teriam morrido 6 pessoas, na qual 5 dessas pessoas morreram em Hubei, como falou Mi Feng, que faz parte da Comissão Nacional de Saúde da China.

PUBLICIDADE

Mi Feng avança dizendo que não existe mais nenhum caso novo ou confirmado na provincia, onde foi o epicentro e deu origem a toda esta pandemia que já afeta todo o mundo.

Lembrando que o coronavírus apareceu em dezembro do ano passado (2019). Foram colocados 26 milhoes de pessoas em quarentena, já em janeiro, afim de travar a propagação do vírus.

PUBLICIDADE

Na china reapareceram pacientes que já estavam curados e voltaram a ser novamente positivos para o coronavírus. Os médicos que estão na China estão a investigar o porquê destas pessoas serem novamente reinfectadas.

Sabe-se que em Cantão, que fica na província, 14% das pessoas que já se encontravam curadas, são agora pela segunda vez infetados, citado por uma revista local Caixin.

Prevê-se assim pela logica que o vírus pode não ter sido eliminado completamente, e ter ficado no corpo dos pacientes uma parte pequena em que não seja possível detetar.

Essa possibilidade pode ser Todos os testes que foram feitos a estes pacientes que contraíram a doença pela segunda vez, podem não ter sido feito corretamente.

Sendo que as amostras eram feitas através do nariz e na garganta, sendo que os vestígios recentes foram encontrados nos pulmões das mesmas por falta de anticorpos possa permitir esta 2ª infeção.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Por Dália Maria

Gosto de escrever sobre vários assuntos da atualidade, mas dou preferência á saúde e receitas. Esse é o meu foco.