Cooperativa de costureiras confecciona “cortina do abraço” para idosos em casa de repouso: “Que parentes possam se reencontrar e sentir o calor do abraço”

"É uma cortina para que as pessoas possam se reencontrar e sentir novamente a presença, entre pais e filhos, irmãos e familiares que ficaram tão distantes durante a pandemia", concluiu a gerente de marketing da empresa, Mara Rubia Olímpio.

PUBLICIDADE

Em Blumenau uma cooperativa de costureira confeccionou cortinas do abraço e serão entregues na casa de idosos em Blumenau, serão casas geriátricas, uma cortina do abraço para facilitar idosos que estão isolados devido a pandemia da covid-19 a receberem um abraço de amigos e parentes.

PUBLICIDADE

A expectativa das Costureiras é que mais de 600 idosos irão receber essa doação e ficarão nos lares por tempo indeterminado.

No início deaAbril teve a primeira entrega e a idosa do abrigo Elsbeth Koehler em Blumenau pode colocar o sorriso na idosa Marize Hering que pode abraçar a mãe.

PUBLICIDADE

Marise diz que foi visitar a mãe no abrigo e teve uma surpresa maravilhosa teve a oportunidade de abraçá-la, foi muito emocionante disse ela, já havia um ano que elas não se abraçavam, conversavam de longe e sentir um abraço da mãe foi o melhor presente.

PUBLICIDADE

As cortinas confeccionadas por essa ONG são feita de plástico resistente e não permite que o vírus ultrapasse.

Elas são higienizadas com facilidade por ser de plástico e protege absolutamente contra qualquer infecção, essa ideia foi das costureiras em uma ONG, uma cooperativa de costureiras abraçou a ideia e está doando as cortinas do abraço para a casa de idosos.

A ação quer celebrar também o mês da Saúde, dezenas de cortinas já foram doadas e tem trago muita alegria para os idosos.

O material que é feito as cortinas é muito seguro mas mesmo assim todos os protocolos de higienização são mantidos e proteção para resguardar a vida de todos os idosos e também dos familiares.

É algo simples mas tem possibilitado a presença de pais, filhos, irmãos estarem próximos e abraçarem, certamente isso trará mais força para lidar com todas essa adversidade.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.