Corpo de jovem é encontrado após receber ajuda para trocar pneu de carro

Jovem entrou em contato pela última vez ao enviar mensagem avisando sobre o carro

PUBLICIDADE

O corpo de jovem Mariana Forti Bazza, de 19 anos, foi encontrado nesta última quarta-feira (25). A jovem havia desaparecido após receber ajuda para trocar pneu de carro após sair da academia. Ela estava desaparecida desde a terça-feira (24).

O último contato que ela teve com o namorado e com seus familiares foi através do celular. Ela enviou uma foto para eles informado que logo que saiu da academia notou que o pneu de seu carro estava furado e que acabou recebendo a ajuda de um homem para poder conserta-lo.

PUBLICIDADE

Posteriormente o corpo da jovem foi encontrado em uma estrada de Itápolis, em São Paulo. A cidade em questão fica a cerca de 60km de distância de Bariri, cidade onde a jovem foi vista pela última vez antes de sua morte.

Rodrigo Pereira Alves, de 37 anos foi detido na cidade de Itápolis. No momento de sua prisão o homem estava na casa de parentes na cidade, e foi visto tentando se esconder no telhado da residência.

PUBLICIDADE

No carro da jovem não foram encontrados sinais de sangue, mas foram observados sinais que indicam que os dois tiveram uma luta corporal antes que a jovem fosse morta pelo homem. Também foram encontradas mechas de cabelo no interior do veículo que podem ser de Mariana.

O delegado que está comandando o caso agora aguarda o resultado da perícia a respeito para dar mais detalhes a respeito do caso. Rodrigo primeiramente havia negado envolvimento com o crime mas logo após confessou ter matado a jovem e indicou o local onde havia deixado o corpo de Mariana.

PUBLICIDADE

Os policiais foram até o local indicado pelo suspeito, que estava próximo a uma área de mata, localizada a poucos metros da rodovia. Ao encontrarem o corpo da jovem os policiais se depararam com os braços da jovem amarrados e ela de bruço no local, além disso também foi encontrado um pano no pescoço dela.

O pai e o namorado de Mariana estava no momento da prisão do suspeito acompanhando os policiais no local. Eles precisaram ser contidos pelos policiais pois no momento em que tiveram contato com o suspeito tentaram o agredir.

A Polícia Civil informou que as imagens a respeito do suspeito foram obtidas através de uma câmera de segurança do local, além da foto que foi enviada por Mariana para o namorado e para familiares no momento em que o homem trocava o pneu de seu carro.

Pouco tempo depois da situação, o carro de Mariana foi visto deixando o local, e a polícia suspeita que no momento quem estava dirigindo o carro era o suspeito de ter cometido o assassinato da jovem.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.