Suspeito de assassinato é preso e confessa ter matado jovem depois de ajuda-la a trocar um pneu

Mariana percebeu o pneu vazio e aceitou a ajuda de Rodrigo para troca-lo

PUBLICIDADE

Foi preso na cidade de Itápolis, localizada no interior de São Paulo, o homem suspeito do assassinato da jovem Mariana Bazza. O suspeito em questão se chama Rodrigo Pereira Alves, tem 37 anos de idade e é conhecido na região como Rodriguinho. Ele confessou o crime à polícia e revelou ter matado Mariana a facadas. As informações destacadas foram fornecidas pelas autoridades responsáveis pelo caso.

Na última quarta-feira (25), o corpo de Mariana foi encontrado em uma cova rasa, localizada em uma área de canavial. A descoberta aconteceu por volta do meio dia. De acordo com Durval Izar Neto, o delegado responsável por conduzir as investigações, o suspeito foi presto enquanto se escondia em meio a restos de construção.

Durante toda a sua prisão e transferência para Bariri, local em que o crime foi cometido, Rodrigo se manteve em completo silêncio.

Mariana teve contato com Rodrigo quando saía da academia acompanhada de uma amiga, por volta das 8h de terça-feira (24). De acordo com a amiga que acompanhava a jovem, ela pegou a sua moto e foi para o trabalho.

PUBLICIDADE