Corpo de menino de 10 anos que estava desaparecido é encontrado por sua cadela de estimação, o menino morreu afogado

Segundo os familiares, quando os bombeiros encontraram o corpo da criança amarelinha estava perto de seu dono.

Guilherme Mendes de Souza de apenas 10 anos, se afogou no Rio Guandu, em nova Iguaçu na Baixada Fluminense, o caso aconteceu no último domingo quando o menino mergulhou no rio.

As buscas estavam sendo realizadas para encontrar o corpo da criança, mas segundo a família quem encontrou primeiro foi a cadelinha que pertence ao menino.

Segundo os familiares, quando os bombeiros encontraram o corpo da criança amarelinha estava perto do corpo, familiares disseram que ela havia sumido desde a tarde, certamente não ia sossegar enquanto não encontrasse Guilherme.

A irmã de Guilherme, Brenda Mendes Marcelino de 21 anos, falou que o irmão ganhou a cadelinha, tinha pouco mais de um mês, os dois sempre andavam juntos e amarelinha passou a ser companheira do irmão, ele tinha muito ciúmes, somente ele cuidava e colocava comida para ela.

Brenda disse que o irmão gostava muito de bichos e dizia que queria ter um cavalo quando fosse grande, o corpo de Guilherme foi levado para o Instituto Médico Legal, na tarde desta última terça-feira a família estava aguardando a liberação do corpo para ser realizado o sepultamento.

Brenda falou que a mãe está em estado de choque, fazendo uso de medicamentos, a família tinha esperança de encontrar o menino vivo, pensaram que ele estava perdido no meio do mato, mas perdeu a vida ao mergulhar no Rio Guandu local conhecido como Prainha.

Os amigos e familiares de Guilherme no domingo (13), realizaram uma carreata em homenagem ao garoto, moradores da região disseram que o rio é perigoso, sempre acontece afogamentos.

 


Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.