Covid-19: Cuidados ao receber entregas evitando contaminação

Atriz Claudia Raia acredita ter contraído a doença mesmo em casa na quarentena e acredita ter contraído no elevador; segue dicas do como receber suas entregas, se livrando de contágios

PUBLICIDADE

Estar no aconchego de seu lar não significa que imune quanto ao contágio do novo coronavírus, segundo nos afirma Luis Fernando Waib, infectologista na Sociedade Brasileira de Infectologia. De acordo com Waib, estamos em riscos de contágio, sim. Pois, afinal de contas não estamos sob um total isolamento.

“Você sempre interage com alguém, busca entregas, pega o elevador”, disse. Ele ressalta que de fato reduz as chances de contágios são alguns cuidados: isolamento social, usar máscaras aos sair e frequente higienização das mãos.

PUBLICIDADE

Um exemplo disso foi com a atriz Claudia Raia e seus familiares. “Contraímos em casa. Que loucura, desci pra buscar meu pedido de delivery e creio ter sido no elevador”, disse a atriz à revista Harper’s Bazaar.

A fim de evitar o contágio, sempre use máscaras ao receber suas entregas, não passar a mão no rosto e lavá-las assim que entrar em casa.

PUBLICIDADE

Nas entregas de comidas, o infectologista recomenda que sejam retirados das embalagens, colocando-os em recipientes da casa e não se esqueça de lavar as mãos quando comer.

Como de costume, lave sempre muito bem as frutas, verduras e legumes. “Sempre fizemos isso, nenhum outro tipo de doença ou bactéria desapareceu, apenas somou. Por isso, lavar bem esses alimentos já deveria se de praxe”.

PUBLICIDADE

Alimentos embalados e bananas não são necessários desinfectar, mas é altamente recomendado lavar bem as mãos antes de consumí-los.

Outro cuidado também é a higienização de seu celular, isso mesmo! Afinal de contas, segundo Roberto Figueiredo, biomédico conhecido como Dr. Bactéria. “O celular pode conter bactérias fecais, pus e vírus, pois as mãos sujas podem contaminá-lo ao ser usado”, disse.

Também devem ser limpos teclado, mouse e controle remoto, pois são usados por muitas pessoas e acumulam sujeiras.

Para limpá-los, é preciso saber quais produtos corretos na desinfecção deles, pois água pode oxidá-los.

“Celular por exemplo, deve ser usado álcool isopropílico, pois faz uma boa assepção, limpa bem e evapora bem rápido, sem deixar resíduos”, explicou.

Não é recomendado uso de álcool em gel ou 70º, pois eles contém um percentual de água, podendo danificar os aparelhos.

PUBLICIDADE

Escrito por News Report

Colunista de notícias, visando levar a informação à leitores diversos, através da internet, mídias sociais, redator de plataforma em diversos assuntos.