Desaparecido a mais de um ano, polícia encontra corpo de idoso enterrado no quintal de casa e sobrinha confessa que matou o tio com golpes de martelo

A sobrinha, de 48 anos, apontou à polícia o local que enterrou o corpo do tio, de 65 anos, em Sidrolândia (MS).

PUBLICIDADE

Um idoso de 65 anos estava há vários meses desaparecido, a polícia da cidade de Sidrolândia no Mato Grosso do Sul encontrou o corpo enterrado no quintal da casa no último sábado (31).

Após as buscas serem realizadas e encontrar o corpo do idoso, a sobrinha da vítima de 48 anos confessou o homicídio.

PUBLICIDADE

A Polícia Civil obteve informação por meio de uma denúncia anônima, a guarnição informou que o idoso estava desaparecido há quase um ano e não havia nenhuma informação, algumas pessoas chegaram a dizer que ele havia deixado a cidade e não tinha informações para onde ele tinha ido.

Mas após as investigações os policiais descobriram que ele estava morto e o corpo estava enterrado no quintal da própria casa onde morava.

PUBLICIDADE

A polícia após chegar na casa da sobrinha que não morava na mesma casa, fizeram com que ela confessasse o crime.

A sobrinha apontou onde ela e o namorado de 36 anos haviam enterrado o corpo do Idoso, segundo o depoimento da sobrinha ela matou o tio devido a uma briga, no momento da discussão ela pegou um martelo e deu diversos golpes na cabeça do idoso, ele morreu na hora.

PUBLICIDADE

Com isso eles cavaram e enterrar o corpo no quintal da própria casa e disseram para todos que ele tinha viajado, o boletim de ocorrência foi feito e os dois serão acusados de destruição subtração, ocultação de cadáver e homicídio.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.