Diagnosticado com doença rara, bebê completa 4 meses e caso surpreende até os médicos

Esse bebê nasceu com uma condição rara, médicos não deram muitas esperanças para a família, mas, esse guerreiro está lutando bravamente e recentemente completou 4 meses de vida. Conheça essa história e se emocione!

PUBLICIDADE

Jackson Storey, nasceu portando uma doença rara chamada osteogênese imperfeita (OI), popularmente conhecida por “ossos de vidro” ou “doença de Lobstein”. Essa doença é muito rara, ela faz com que os ossos se quebrem facilmente. Jackson recebeu o diagnóstico da doença, enquanto estava sendo gerado, sua mãe, Abby Storey, estava completando 28 semanas de gestação, quando o médico informou a condição do bebê.

O bebê nasceu em março deste ano, infelizmente os médicos não foram otimistas e deram poucas esperanças para a família. Jackson nasceu pesando 2,5kg, assim que chegou ao mundo, foi levado para a UTI Neonatal.

PUBLICIDADE

Em entrevista, Abby relatou a grande aflição da família, a incerteza de que o bebê iria ou não sobreviver. Ela contou, que diante dessa incerteza, eles precisavam ficar em paz, pois sabiam que Jackson iria precisar deles quando saísse do hospital, e toda família precisava estar forte para lutar juntos com o bebê.

Após uma semana de seu nascimento, os médicos avaliaram que Jackson estava em um quadro estável da doença, o que permitiu, que pela primeira vez, a mãe deste pequeno, pudesse pegá-lo em seu colo.

PUBLICIDADE

Esse não foi um momento fácil, devido ao parto cesárea e a condição do bebê, o manuseio logo em seus primeiros dias de vida, causaram diversas fraturas nos braços, pernas e nas costelas.

Porém, Jackson estava lutando junto com sua família, e contrariando todos os prognósticos médicos, o pequeno foi para casa, onde recentemente, completou seus quatro meses de vida. A mãe de Jackson, o descreveu como um bebê calmo e doce. Ela contou que o pequeno não é de chorar muito, exceto, quando sofre com alguma fratura em seus ossos. Abby, revelou que Jackson é um bebê muito esperto e sabe como mover o próprio corpo para que alguém possa pegá-lo no colo.

PUBLICIDADE

Em casa, Jackson vive bons momentos ao lado da irmã, Brooklyn, de 3 aninhos. Acreditando faltar representatividade para portadores dessa doença, os pais de Jackson tomaram a iniciativa de criar uma conta na rede social Instagram, onde compartilham o caminho de batalhas e de vitórias do bebê. O perfil, encontrado por @andsothestoreybegins, já conta com mais de 55 mil seguidores, e ajuda muitas famílias que lutam contra a doença.

Os mdicos no acreditavam que o beb sobreviveria

 

PUBLICIDADE

Escrito por Luh Me

Colunista de notícias, dedicada a Tv e famosos, notícias, entretenimento, saúde, receitas culinárias e curiosidades.