Duas adolescentes de 16 e 17 anos são capturadas e obrigadas a cavar a própria cova antes de ser mortas em Timon

Imagens das jovens, sujas de sangue dentro da cova onde foram encontradas, circularam em grupos de WhatsApp na manhã de hoje. O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Teresina confirmou que a mãe de uma das jovens foi até a delegacia, porém o caso está sob investigação da Polícia Civil do Maranhão.

PUBLICIDADE

O bairro Parque aliança localizado na cidade de Timon foi palco de um crime Bárbaro, duas adolescentes identificadas como Maria Eduarda de 17 anos e Joyce Ellen de 16 anos foram mortas por membros de facção.

PUBLICIDADE

Os corpos foram encontradas na manhã do último domingo (21) estavam enterradas dentro de uma cova rasa, o Corpo de Bombeiros conseguiu chegar até o local após uma informação.

O vídeo que circula nas redes sociais mostra as adolescentes cavando a cova, os policiais militares cavaram o local e acharam os corpos, a suspeita da polícia é que elas não eram de Timon mas de Teresina, provavelmente alguma facção tenha levado as duas para lá para serem executadas e enterradas.

PUBLICIDADE

A área é um local de matagal e de difícil acesso, as jovens foram encontradas sujas de sangue as imagens da morte chegaram a circular no WhatsApp, mostrava as meninas cavando a cova para que fossem mortas.

O departamento de homicídios e proteção à pessoa passou a investigar o caso, o delegado Gelson Carvalho disse que tudo indica que elas foram mortas por membros de uma facção criminosa.

PUBLICIDADE

O delegado afirma que é típico dos tribunais de crime essa maneira de matar envolventes da quadrilha que desagrada o grupo, após a investigação eles perceberam que elas não tinham ligação com a facção, mas tinham se envolvido com alguém que tinha ligação.

Elas moravam em Teresina no conjunto Água Mineral, segundo relato dos familiares as garotas saíram de casa por volta das 15 horas e não voltaram mais, a terceira garota que estava com elas está sendo procurada pela polícia, eles não sabem se ela também foi vítima.

A investigação teve início após o pai de uma das meninas ir até a central de flagrante e fazer um boletim de ocorrência informando que a filha tinha sido visto na cidade maranhense e não estaria mais viva.

Logo após a polícia recebeu informações que um corpo tinha sido encontrado na região, os militares foram para o local e descobriram dois corpos, nenhum suspeito foi preso até o momento.

 

Via: mceara.com

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.