“Ela se virou e ele atirou”, relata amiga e testemunha da da vendedora que foi morta a tiro pelo ex-companheiro em Ribeirão Preto, SP

Testemunha relatou, que o cantor não deu chance para a vítima se defender.

PUBLICIDADE

Kelly Cristina da Silva, foi assassinada a tiros, no meio da rua em Ribeirão Preto, uma amiga da comerciante, estava junto com ela quando o crime ocorreu. Maíra Aparecida Alves, cantora, estava com ela no momento em que o crime aconteceu, e disse que o suspeito não deu nenhuma oportunidade à vítima para que a mesma conseguisse defender.

A mulher de 41 anos, foi brutalmente baleada, e acabou por falecer na tarde deste último domingo (8), no momento que estaria entrando num carro de transporte por aplicativo. A amiga, também sofreu ferimentos, mas passa bem.

PUBLICIDADE

“Ele foi muito rápido. Nem deu tempo de ela dizer sequer um ‘a’, não teve tempo. Logo que ela se virou, ele iniciou os disparos”, conta.

Ainda segundo as informações as autoridades, o suspeito do crime, é o ex-companheiro de Kelly. A vendedora já se encontrava com uma medida protetiva, enviada pela Justiça, contra o homem, após ser vítima de violência doméstica.

PUBLICIDADE

Segundo as familiares, contaram que o relacionamento de ambos, apenas durou um ano e meio, mas eles já estariam separados há cerca de sete meses. Até ao momento, o suspeito não foi preso, o caso segue em investigação.

A tragédia, no qual tirou a vida da comerciante, ocorreu frente ao restaurante onde a vítima tinha almoçado junto com a amiga, no centro de Ribeirão Preto. Segundo as imagens de uma câmera de segurança, captaram o momento, em que o atirador estaca fazendo o trajeto a pé pela calcada, e a usar um capacete e máscara.

PUBLICIDADE

Foi quando ele se dirigiu a Maíra, e deu a volta a abordou a Kelly, que já estaria sentada no banco de trás. Depois de ter disparado, ele se coloca em fuga, e corre pela rua.

PUBLICIDADE

Escrito por Carla Sofia

Sou especialista em Receitas, dicas e saúde! Gosto sempre de estar atualizada de novas receitas e formas medicinais!