Enfermeira se distrai durante banho e deixa água quente atingir a temperatura de 50 graus provocando queimaduras graves em partes do corpo de bebê de 6 meses

A enfermeira contou para o delegado tudo que aconteceu durante seu depoimento e o caso veio à tona nesta quinta-feira.

PUBLICIDADE

Um caso absurdo aconteceu no Hospital Municipal Getúlio Vargas filho mais conhecido como getulinho em Niterói na última terça-feira onde uma criança, uma bebê de apenas 6 meses de idade teve parte do corpo queimado depois que uma enfermeira deu um banho na criança com uma temperatura de 50 graus.

A enfermeira contou a Polícia Civil durante seu depoimento que se distraiu no momento em que iria dar o banho na pequena Juliana Anastácio deixando a temperatura da água em 50 graus e o recomendado para bebês é de 36 graus.

PUBLICIDADE

A enfermeira contou para o delegado tudo que aconteceu durante seu depoimento e o caso veio à tona nesta quinta-feira.

A criança teve queimaduras em várias partes do corpo, perna, virilha, genitália, nas nádegas e também na parte da barriga a família divulgou as fotos e o caso gerou muita indignação principalmente por se tratar de uma criança tão pequena.

PUBLICIDADE

Uma perícia foi feita na tarde desta quinta-feira acompanhada da equipe do IML que atestou que a água quente provocou os ferimentos na criança.

PUBLICIDADE

A mãe da criança acompanhava o bebê, quando foi em casa tomar um banho e trocar de roupa atendeu uma ligação onde o hospital contava o que havia acontecido com a criança, ao voltar para o hospital a bebê estava enfaixada e os médicos disseram que ela havia se queimado durante o banho.

A criança estava com pneumonia e por isso precisou ser internada a criança possui meningite e acabou desenvolvendo microcefalia por isso sempre precisa passar por internações.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.