Enfermeira tem vida tirada a facadas pelo ex-marido inconformado com o término na porta do pronto-socorro onde trabalhava

O ex não aceitava o fim do relacionamento.

PUBLICIDADE

Josiane Soares de Oliveira foi morta à facadas pelo ex-marido que não aceitava o fim do relacionamento entre os dois. Humberto Aparecido do Prado, de 40 anos, foi preso e está internado sob escolta policial depois que atacou a ex-mulher a golpes de faca em frente ao Pronto-Socorro onde ela trabalhava, na cidade de Monte Carmelo, em Minas Gerais.

Joseane havia se separado de Humberto há um ano, mas mesmo assim ele não aceitava o fim do relacionamento, e não gostou do fato de a ex-mulher começar um novo relacionamento.

Humberto sempre usava os filhos como pretexto para ver Josiane. No dia em que decidiu cometer o crime ela estava trabalhando quando recebeu uma ligação do ex dizendo que precisava encontrá-la para falar sobre os filhos. Depois de uma conversa rápida, ele atacou a mulher com vários golpes de faca.