Enfermeira tenta ajudar mulher que era agredida pelo marido no meio da rua e é atropelada pelo agressor

A polícia investiga o caso.

PUBLICIDADE

Na noite da última quinta-feira (24), a enfermeira Leidiane Rodrigues Nazário, de 35 anos, se deparou com uma mulher sendo agredida por um homem no meio da rua em um dos bairros da cidade de Goiânia, capital do estado de Goiás.

Ela passava de moto pelo local e parou a uns metros de onde as agressões aconteciam e avisou que iria chamar a polícia.

Segundo a enfermeira, a mulher estava levando socos e chutes do marido, que surtou quando Leidiane afirmou que chamaria a polícia.

O agressor teria entrado no carro e jogado o veículo em cima da moto, arrastando a enfermeira por cerca de 20 metros até prensá-la contra um poste.

PUBLICIDADE

“Eu me comovi e parei a uns cem metros de distância deles, só para ele ver que tinha alguém observando, né? Ele ficou enfurecido com isso, entrou dentro do carro e passou o veículo por cima de mim”, contou Leidiane para a Polícia Militar.