Esta é a mensagem que chega de Itália: “Preparem-se”

Relatos de quem trabalha num hospital em Bérgamo. “Aqui, estão a travar uma guerra e a perdê-la. O numero de pessoas que morrem ao coranavírus está a assobertar todos os hospitais do norte de Itália.

PUBLICIDADE

Relatos de quem trabalha num hospital em Bérgamo. “Aqui, estão a travar uma guerra e a perdê-la. O numero de pessoas que morrem ao coranavírus está a assobertar todos os hospitais do norte de Itália.

A equipa trabalha incansavelmente para tentar evitar que as pessoas se degradem ainda mais. Estão a tentar impedir que morram.

Isto não é a Unidade de Cuidados Intensivos, são as Urgencias. A UCI está cheia. As pessoas acabaram de chegar e estão num estado péssimo. Isto é uma constante.

Esta pandemia assassina está praticamente fora do controlo. Os pacientes estão desesperados por ar. Com a bolha de plastico, a equipa debate-se para comunicar para tentar equilibrar a pressão do ar nos pulmões. Ninguém esperava isto.

PUBLICIDADE

Ninguém pensou que teriam de tratar tantas pessoas, tão rapidamente. E não é como a gripe, é uma pneumonia cronica e mata centenas de pessoas todos os dias.