Estudante de 22 anos está em estado grave na UTI, depois de ter sido picado pela cobra que ele criava há 2 anos em casa

Conforme apurado, o jovem que é estudante de medicina veterinária estaria com a cobra por pelo menos 2 anos, seu estado de saúde é grave.

PUBLICIDADE
Na terça-feira, 7 de julho, depois de ser mordido por uma cobra, um joven estudante de 22 anos de idade identificado como Pedro Krambeck, foi hospitalizado e se encontra em coma no Hospital Gama, situado no Distrito Federal.
A cobra é uma naja que não é um animal brasileiro, é um animal típico da África e do continente africano, e a sua permanecia no Brasil ainda é um mistério pesquisado para descobrirem que a trouxe.
Investigando o conhecimento ou o possível paradeiro de pessoas que estiveram em contato com o jovem e o réptil, um jovem não identificado mostrou à polícia onde estava localizada a cobra.

A cobra foi localizada em uma área escura ao lado de um shopping center em Brasília, onde é chamado Pier 21. Atrás de uma duna escura, ela não mostrou ser agressiva depois de ser capturado pela polícia.

O rapaz precisou de um antídoto para combater o veneno da cobra, mas o Brasil não produz esse tipo de antídoto, porque a espécie dela não é uma espécie típica do Brasil.

PUBLICIDADE

Felizmente, no entanto, para o jovem, o Instituto Butantan tinha uma quantidade desse antídoto e foi dado para ser utilizado com o paciente.

Provavelmente, quem explicaria melhor às autoridades como foi atacado pela cobra e por que ela está em Brasília, será o estudante quando estiver melhor, já que seu estado é bem grave ainda.

PUBLICIDADE

Conforme apurado em seu perfil nas redes sociais, o estudante possui uma verdadeira paixão obsessiva por cobras, mas depois do ocorrido, sem nenhuma explicação as postagens foram todas deletadas do perfil.

A equipe de policiais responsável por capturar o réptil  informou que foi uma vitória coletar a cobra, porque ela é um animal muito perigoso para as pessoas, ainda mais por conter um perfil extremamente violento e venenoso.

PUBLICIDADE

Depois de sr capturada, a cobra se encontra em uma caixa e passa bem, ela será encaminhada para o Ibama para que as medidas necessárias sejam tomadas.

PUBLICIDADE

Escrito por Margareth Santos

Gosto de dedicar uma parte do meu tempo levando noticias e informações através de matérias relacionadas a tudo, inclusive de saúde, culinária, famosos e do mundo da maternidade.