Estudante de medicina de apenas 25 anos morre vítima de covid-19 quarenta e oito horas após perder o pai para a mesma doença

Em menos de 48 horas, pai e filha morreram vítima da Covid-19 em Natal. Estudante de medicina e com apenas 25 anos de idade, Emilly Cavalcante Belarmino não resistiu à doença

PUBLICIDADE

Pai e filha morrem em menos de 48 horas de diferença vítimas da covid-19, Emily Cavalcante Belarmino tinha apenas 25 anos e era estudante de medicina, não resistiu a doença e faleceu na madrugada da última quarta-feira (31), logo após perder o pai médico e ex-prefeito de Rui Barbosa.

PUBLICIDADE

O médico João Joaquim Cavalcante Neto de 61 anos faleceu na última segunda-feira (29) segundo informações dos familiares Emily cursavam o 5º ano de medicina na Argentina, estava no Brasil desde 2020 devido a pandemia onde todos os cursos foram paralisados.

No mesmo dia que o pai ela começou a apresentar os sintomas da covid-19, no dia 12 o quadro de saúde se agravou muito ela precisou ser internada no hospital.

PUBLICIDADE

Em seguida ela foi encaminhada para um hospital de campanha de Natal onde o pai já estava internado.

No dia 16 ela foi entubada apresentavam estado muito grave mais grave do que o próprio pai e após alguns dias não resistiu e faleceu.

PUBLICIDADE

Os familiares informaram que Emily não tinha comorbidades, a irmã de Emilly também pegou a covid-19 ela foi a primeira a apresentar os sintomas, disse em entrevista que ninguém imagina que a doença vai reagir e ninguém pensa que vai passar por uma tragédia, a dor é muito grande e por isso todos devem ter maior cuidado possível.

O Doutor João era clínico geral e atuava na linha de frente ao combate à convid-19, no início de março começou a apresentar os sintomas da doença precisou ser entubado e não resistiu, faleceu na última segunda-feira (29).

 

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.