Estudos revelam que covid-19 pode afetar a fertilidade nos homens

A pesquisa foi feita em pacientes que morreram com a doença e mostrou que 100% desses homens tiveram os testículos comprometidos.

PUBLICIDADE

Um estudo feito por pesquisadores da UFMG em parceria com uma rede hospitalar demonstrou que a covid-19 pode afetar a fertilidade nos homens.

A pesquisa foi feita em pacientes que morreram com a doença e mostrou que 100% desses homens tiveram os testículos comprometidos.

PUBLICIDADE

O estudo ainda mostrou que essa infecção pode acabar afetando a capacidade de fertilização dos homens mesmo depois de muito tempo após a contaminação com a covid-19.

De acordo com as informações um dos pacientes que foi usado na pesquisa que acabou fazendo essa descoberta morreu 26 dias depois de ter sido infectado pelo vivo e a pesquisa mostrou que em seus testículos havia uma quantidade significativa de vírus.

PUBLICIDADE

A pesquisa foi inserida em uma revista científica internacional e será realizada por diversos outros pesquisadores, mas já recebeu comentários de pesquisadores de outros países e de acordo com as informações uma pesquisa feita nos Estados Unidos demonstrou resultados semelhantes em macacos.

As famílias autorizaram os estudos nos corpos dos homens que morreram com a doença e os testículos de 11 homens com idade de 40 a 88 anos que foram infectados com a forma gravíssima da covid-19, internados em CTI, que morreram em 2021 tiveram seus dois testículos removidos para o estudo.

PUBLICIDADE

O estudo está sendo realizado em dois grupos de homens que morreram com a doença.

O estudo agora é para ver se a forma leve da doença pode interferir na fertilização masculina.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.