Estudos revelam que mulheres que beijam muito tendem a perder peso mais rápido e evitam as terríveis rugas

Veja os inúmeros benefícios que o beijo pode trazer para sua saúde.

PUBLICIDADE

É muito difícil encontrar alguma pessoa que diz que não gosta de beijar, mas além de ser um momento muito especial os pesquisadores descobriram que o beijo pode trazer benefícios para saúde além do prazer romântico de estar com a pessoa desejada.

A seguir nesse artigo iremos trazer uma lista de benefícios e o beijo pode trazer para você, entre eles está a perda de peso:

PUBLICIDADE

Beijar ajuda a perder peso

O estudo que foi realizado pela Universidade do Arizona que fica nos Estados Unidos mostrou que os beijos simples queimam de duas a três calorias, mas aqueles mais apaixonados e calorosos são capazes de consumir de 5 a 26 calorias por minuto.

PUBLICIDADE

Claro que isso não deve ser comparado com uma rotina de treino, mas demonstra que beijar é uma atividade que gasta muita energia.  E se você pensa que é pouco, se conseguir beijar por 30 minutos seguidos beijos apaixonados e calorosos poderá perder até 180 calorias o que equivale a 30 minutos de caminhada intensa.

Os beijos podem manter em forma os músculos da face

PUBLICIDADE

Com passar dos anos todas as partes do nosso corpo começam a sofrer transformações e o processo de envelhecimento toma conta de tudo e para se manter em forma é preciso se exercitar. Quando você beija usar ao mesmo tempo 30 músculos da face, isso significa que as pessoas que beijam muito possuem bochechas mais firmes e em formas devido ao treino do beijo.

Beijar ajuda a prevenir as rugas

Ao usar os músculos da face no momento do beijo há outro benefício imenso que é o aumento da circulação sanguínea que leva uma oferta maior de colágeno para os tecidos do seu rosto, portanto para muitas pessoas beijar também é um tratamento de beleza que ajudará a evitar as terríveis rugas te fazendo parecer muito mais jovem.

Beijar ajuda a aliviar o estresse

Beijar ajuda a relaxar o corpo por causa dos níveis de relaxantes naturais presentes como a ocitocina e endorfinas, que são conhecidos como o hormônio da felicidade, isso causa também uma redução dos níveis de cortisol no organismo que é conhecido como o hormônio que causa o estresse.

 

Via: msn.com

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.