Família para o velório e leva corpo de bebê ao hospital após pastor revelar que a criança estava viva; médicos constataram a morte

O corpo de uma garota de um ano e 10 meses, que estava sendo velado por familiares na cidade de Itaetê, na região da Chapada Diamantina, na Bahia,

PUBLICIDADE

O corpo de um bebê de apenas 1 ano e 10 meses estava sendo velado na cidade de Itaetê na Bahia.

Mas os familiares levaram de volta ao hospital após um pastor evangélico dizer a família que a criança estaria viva.

PUBLICIDADE

O caso aconteceu nesta última quinta-feira (25), os médicos teriam confirmado o óbito da menina, segundo informações do hospital a criança chegou sem sinais vitais, a equipe médica por 30 minutos tentou reanimar a criança mas a morte foi confirmada pelos médicos que estavam de plantão.

A família realizou o funeral pela madrugada, durante a cerimônia os familiares do bebê procuraram o hospital informando que um pastor evangélico havia entregado uma revelação dizendo que a criança estaria viva.

PUBLICIDADE

Mesmo após os profissionais do posto de saúde terem atestado que a criança não estava viva, eles levaram ao hospital.

A bebê foi novamente avaliada pela equipe de plantão e pela segunda vez o médico confirmou a morte do bebê.

PUBLICIDADE

A polícia civil informou que os familiares disseram que viram a criança se movendo no caixão e o pastor garantiu que a criança estava viva.

Este fato foi registrada na delegacia de Itaetê onde o pastor entregou essa revelação, a polícia irá apurar o caso.

Os familiares informaram que devido a essa confusão não havia ainda um laudo expedido e novamente a criança precisou passar pela perícia para definir o motivo da morte. A família está abalada.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.