Família passa o dia inteiro sem saber que aposentado havia morrido com Covid-19 e só descobrem na hora da visita

A família soube da morte do idoso quando foi visita-lo no hospital.

PUBLICIDADE

De acordo com a família, um engenheiro aposentado de 77 anos que tinha problemas respiratórios e estava internado há mais de uma semana no hospital Prevent Senior, mas devido essa pandemia de coronavírus, a família pediu para ele ser transferido para o Hospital  Sancta Maggiore, da Avenida Maestro Cardim.

A família pediu para o transferir, porque no outro hospital havia um andar reservado só para pessoas com doenças de pulmão, havia regras para entrada e saída, horários de visita, era um local rígido.

A família relatou que subiram para ver o aposentado, disseram que estava entubado, fizeram a visita como de costume, era cerca de 20:30 horas e foram embora para casa, no outro dia foram fazer a visita, mas quando chegaram na portaria o nome dele já não estava na ficha.

Conversaram com funcionários, subiram até o andar onde estava o paciente e sem saber de nada, vestiram toda a roupa necessária, luva, avental, para poder fazer a visita, mas tiveram que esperar muito tempo.

PUBLICIDADE

Até que vieram dois médicos, as 19 horas começaram a ler o prontuário, no meio de todo aquele procedimento falaram do óbito, a viúva em meio ao choro perguntou, se ele havia morrido, os médicos disseram que sim.