Flagrante mostra imagem de dez corpos acumulados fora da câmara frigorífica no subsolo do Hospital Salgado Filho do Rio de Janeiro

O necrotério do local não tem mais espaço e está super-lotado e os corpos não podem ser colocados nas câmaras frigoríficas.

PUBLICIDADE

O hospital Municipal Salgado Filho no Méier na Zona Norte do Rio de Janeiro está vivendo uma situação dramática por causa da pandemia de convid-19.

O necrotério do local não tem mais espaço e está super-lotado e os corpos não podem ser colocados nas câmaras frigoríficas e por isso mais de 10 cadáveres foram flagrados cobertos por sacos plásticos fora do local, uma situação que mostra o caos que a saúde vem vivendo em todo o país.

A direção do hospital disse que são 12 corpos que estão fora das câmaras frigoríficas porque não há espaço no hospital e a direção também informou que já teria alugado um container refrigerado para ajudar a resolver a situação, mas ainda está aguardando sua instalação e que deverá acontecer logo.

A pandemia de convid-19 tem causado tumulto e muito caos em todo mundo, mas no Brasil a falta de estrutura pode levar a o sistema de saúde ao colapso.

PUBLICIDADE

Outras imagens foram flagradas mostrando corpos enfileirados em locais que não são apropriados. Uma dessas imagens foi registrada na última segunda-feira (27) no hospital Municipal Lourenço Jorge também no Rio de Janeiro.