Flordelis pede forças a Deus, lamenta morte do marido e emociona: ‘5 meses sem meu amor’

Pastora Flordelis lamentou morte do marido, Anderson do Carmo.

PUBLICIDADE

A pastora e deputada federal Flordelis usou as redes sociais para lamentar a morte do marido, o pastor Anderson do Carmo, assassinado na garagem da casa onde moravam, em Pendotiba, no Rio de Janeiro, no dia 16 de junho.

Flordelis postou a homenagem em meio à investigação do crime. Um filho do casal está preso e Flordelis é, indiretamente, envolvida no crime, embora não haja nada provado contra ela.

PUBLICIDADE

No Instagram, ela escreveu um texto no dia em que a morte de Anderson completou cinco meses. Ela começa dizendo que se não fosse Deus, ela não estaria de pé. “Hoje completam cinco meses sem meu amor”, afirmou.

A homenagem foi postada no dia em que seu ministério realizava a 14ª edição do Congresso CIM. Segundo Flordelis, o congresso foi criado em 2006 por Anderson do Carmo. Desde então, ela e o marido participavam do evento todos os anos.

PUBLICIDADE

Este foi o primeiro ano sem a participação de Anderson do Carmo e isso foi sentido por muita gente que estava no Congresso CIM e se acostumara com a presença do pastor.

“Assistir essa retrospectiva e ver que hoje você não está mais aqui ao meu lado só aumenta ainda mais a saudade. Que o Senhor me dê forças para continuar esse legado enquanto eu viver!”, escreveu Flordelis no Instagram.

PUBLICIDADE

A pastora e deputada federal ainda pede que os seus intercessores continuem orando por ela, por toda a família e por sua sogra, além de todas as ovelhas do Ministério Flordelis.

Flordelis foi consolada pelos seguidores na rede social. Muitos deixaram mensagem de apoio a ela. A postagem, em forma de vídeo, tem quase 50 mil visualizações e seis comentários. A pastora e deputada federal tem mais de 1 milhão de seguidores no Instagram.

Flordelis e Anderson tinham 55 filhos juntos, a grande parte eram filhos adotivos. A história de amor dos dois começou em 1994. Eles se casaram e ficaram juntos até a morte de Anderson do Carmo.

Após a morte do pastor e as suspeitas que recaíram sobre Flordelis, o ministério da pastora sofreu grande baque, com saídas de membros e fechamento de igrejas em todo o Brasil.

PUBLICIDADE

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista profissional desde 2015. Escrevo sobre política, famosos, curiosidades e tudo que possa render bons textos e boas histórias!