Funcionária grava paredão de demissão em empresa de Fortaleza: “Não vou votar em ninguém para sair, voto em mim mesmo”

No áudio, o gerente começa falando sobre os resultados da equipe. Ele usa palavrões e palavras de baixo calão contra os funcionários, e afirma que só veste a farda da empresa "quem merecer".

PUBLICIDADE

O gerente de uma empresa de turismo foi condenado a pagar na justiça do trabalho do Ceará uma indenização a uma consultora de vendas que foi demitida em um processo parecido com o paredão do Big Brother Brasil.

A funcionária se negou a indicar alguém para ser demitido com isso ela foi demitida junto com o colega.

PUBLICIDADE

O áudio foi gravado ele chegou a ser publicado nas redes sociais e faz parte hoje de um processo na justiça do trabalho, que tem determinado que esse funcionário da empresa de turismo pague uma indenização.

O BBB é um Reality Show que consiste e eliminar um participante a cada semana eles votam entre si e o público escolhe quem vai sair, pelo áudio publicado é possível notar que o gerente fala sobre os resultados, usa palavrões contra os funcionários e diz que só veste a camisa da empresa quem merecer.

PUBLICIDADE

Garante que não está ali à toa e pergunta o que que eles vão fazer, diz para eles escolherem uma pessoa para sair e explicar o porquê, então inicia uma votação para a equipe, ele pede para um dos funcionários votar em uma pessoa para ser demitida.

O funcionário chega a firmar queria voltar em si mesmo mas não iria escolher alguém para sair, o gerente então vira para ela diz que estava tudo bem que ela já estava excluída, ele inicia então uma votação outros nomes são escolhidos e eles tinham que apontar uma pessoa para sair e explicar o porquê.

PUBLICIDADE

Por não gostarem de receber o voto acabou levando a situação para um grande constrangimento, a consultora de vendas acabou sendo demitida por conseguir a maior parte dos votos, ela entrou com uma ação no Ministério do Trabalho e a empresa está sendo multada.

A empresa nega que a funcionária fazia parte da empresa, já a justiça considerou a acusação, condenou as empresas e declarou o pagamento da indenização.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.