Gabriel Monteiro é investigado após vazamento de vídeo íntimo entre ele e uma adolescente de 15 anos

A adolescente compareceu junto com sua mãe e o vereador a delegacia para abrir um boletim de ocorrência sobre o vazamento das imagens.

PUBLICIDADE

A Polícia Civil está investigando o vazamento de um vídeo me envolvendo o vereador e policial Gabriel Monteiro com uma adolescente de 15 anos em atos íntimos.

Gabriel Monteiro alegou que a relação íntima e a gravação foi autorizada por ele e pela jovem e que a relação foi consensual. Gabriel ainda disse a polícia que a adolescente havia dito a ele que tinha 18 anos.

PUBLICIDADE

A adolescente compareceu junto com sua mãe e o vereador a delegacia para abrir um boletim de ocorrência sobre o vazamento das imagens.

Na delegacia a mãe da adolescente contou que o ato entre a filha e o vereador foi de acordo com a vontade dos dois.

PUBLICIDADE

Gabriel Monteiro contou que acredita que 2 ex-assessores foram responsáveis pelos vazamentos do vídeo e eles eram servidores do gabinete de Gabriel Monteiro e serão chamados para prestar depoimento e esclarecer os fatos na delegacia.

O programa do Fantástico no último domingo mostrou que os servidores do gabinete do vereador o acusam de assédio moral, sexual e agressão e uma mulher que não quis se identificar está dizendo que havia sido abusada pelo vereador.

PUBLICIDADE

Na última terça-feira (29) o deputado Giovani Ratinho fez uma ocorrência na Delegacia da Criança e do Adolescente onde entregou seis vídeos e de acordo com as informações o deputado disse que em três dos vídeos a adolescente não queria ser gravada, o deputado disse que recebeu os vídeos de forma anônima

 

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.