Ginecologista é preso suspeito de abusar de pacientes durante exames; o número de vítimas pode chegar a vinte

O médico ginecologista Nicodemus Júnior Estanislau Morais, de 41 anos, foi preso suspeito de abuso sexual contra três pacientes em Anápolis (GO). Segundo a Polícia Civil, o número de vítimas pode chegar a mais de vinte.

PUBLICIDADE

Nicodemos Moraes de 41 anos é médico ginecologista ele foi preso suspeito de ter abusado de três pacientes em Anápolis Goiás.

A polícia civil informou que o número de vítimas pode chegar a mais de 20, a polícia segue investigando, os relatos dizem que o médico que também é obstetra aproveitava os exames ginecológicos e nesses momentos ele abusava das vítimas.

PUBLICIDADE

Ele responde pelo crime de abuso e violação sexual mediante fraude, várias pessoas da cidade de Pirenópolis Goiânia e Brasília já buscaram informações para denunciar o ginecologista.

A delegacia especializada da mulher informou que o homem foi condenado em Brasília algumas vítimas de Anápolis já fizeram a denúncia contra o médico, também no Paraná houve outro caso semelhante, o caso foi registrado e arquivado.

PUBLICIDADE

O advogado de Nicodemos não quis se pronunciar disse apenas que ainda não teve acesso aos documentos, a entrega dos autos e afirmou que o médico não realizou nenhum procedimento médico de cunho sexual e que o cliente é inocente.

Mas segundo está sendo apurado pela polícia há provas de que aconteceram os abusos, as vítimas fazem a denúncia contra o médico na delegacia.

PUBLICIDADE

A polícia pede que aqueles que tiveram contato com o médico e que passaram essa situação de sofrer abuso venham procurar a delegacia mais próxima para que essas acusações possam ser colocadas nos laudos e o médico possa ser acusado por todos esses abusos.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.