Homem é preso acusado de oferecer doces para atrair e abusar de menina de 13 anos com deficiência

Ele estava foragido da polícia.

PUBLICIDADE

A Polícia Civil prendeu na última segunda-feira na cidade ocidental um homem que foi condenado e estava foragido da justiça por abusar de uma jovem deficiente em uma escola há 22 anos.

Na época a adolescente tinha apenas 13 anos e o homem ofereceu doces para atrai-la e abusar dela. O homem foi condenado a uma pena de oito anos e três meses de prisão por estupro de vulnerável no ano de 2010.

PUBLICIDADE

Ele trabalhava como pedreiro na escola onde a menina estudava e onde aconteceu o crime de abuso.

O homem atraiu a menina oferecendo doces e a levou para os barracos nos fundos da escola onde cometeu o abuso, depois do crime ele foi fugiu e agora foi capturado e está preso.

PUBLICIDADE

No ano de 2021 pelo menos 460 jovens com idade menor de 14 anos foram alvo de abusos de acordo com dados da Secretaria de Segurança Pública. Entre esses abusos 86,6% eram meninas e 75,5% desses abusos aconteceram dentro de casa.

Esse tipo de situação pode acontecer em qualquer ambiente e em qualquer situação. Infelizmente a menina de 13 anos na época não tinha condições alguma de prever a maldade que estava por trás do ato do pedreiro.

PUBLICIDADE

Além de causar repulsa ele demonstrou ser um monstro frio e cruel por praticar um ato tão nojento de abusar de uma menina com deficiência e completamente indefesa.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.