Idosa após lutar 5 meses contra covid vence a doença e recebe alta, mas tem pneumonia em casa e morre à espera de UTI

Dalva, de 67 anos, passou 152 dias internada na UTI do Emílio Ribas, em São Paulo. Um mês depois, já em sua casa em Caieiras, na região metropolitana, teve que voltar a ser internada e não conseguiu leito. Ela morreu após ter três paradas cardíacas.

PUBLICIDADE

Dalva de 67 anos passou cinco meses internada no Hospital Emílio Ribas em tratamento contra a covid-19.

Dalva passou o ano novo, o aniversário no hospital levou mais de 100 dias para se recuperar totalmente e se alimentar de forma adequada, após tanto tempo conseguiu vencer a doença e recebeu alta do hospital.

A saída do hospital foi emocionante, estava muito debilitada fraca, mas estava muito feliz por estar com vida e agora em casa precisava se reabilitar.

A dona de casa disse que foi muito difícil ficar no hospital, ela estava até bem mas por ter passado tantos meses naquele lugar ela já estava desesperada.

PUBLICIDADE

Um mês após receber alta Dalva teve pneumonia e precisou ser levada rapidamente para o hospital, precisou ficar entubada na unidade de terapia intensiva, o pulmão estava muito tomado não conseguia respirar bem e após três paradas cardíacas ela não resistiu e faleceu.