Irmas morrem após complicações de Covid-19 no mesmo dia, apenas com diferença de algumas horas em MT

Irmas morrem após complicações do novo coronavírus em poucas horas.

PUBLICIDADE

Ambas residiam em Juína, no norte do estado, e morreram apenas com 16 horas de diferença. Na última sexta-feira (5), duas irmas morreram na sequência do novo coronavírus, em Cuiabá. Eva Bezerra e Elza Quessada, permaneciam internadas, após complicações da doença. Eva, tinha cinquenta e nove anos, e era uma aluna especial da escola Pestalozzi. Depois que os pais faleceram, Eva, foi viver com as irmas, que se revezavam para cuidar dela.

No passado dia 21 de janeiro, ela acabou por ser hospitalizada na unidade hospitalar de Juína. Passado quatro dias, foi transferida para a UTI da unidade hospitalar de Cuiabá.

Nesse mesmo dia, a irmã, Elza também precisou de ser hospitalizada, na unidade hospitalar do município. Já no último dia 30, ela também precisou de ser transferida para a UTI, devido ao estado gravíssimo causado pela doença.

Já no último dia cinco do decorrente mês, ambas falecerem apenas com intervalo de algumas horas. Os corpos fora levados para onde ambas residiam, e foram sepultadas na área de residencia.

PUBLICIDADE

Segundo os dados adquiridos, Juína é uma cidade pequena que tem em volta de quarenta mil habitantes, e desde que a pandemia deu inicio, já foram registrados uma média de quase mil e novecentos casos da doença. Até a manha desta terça (9), sessenta e duas pessoas, já vieram a óbito causados pela doença.