Jovem de 18 anos é morta por padrasto que queria se vingar da mãe da garota: “A vítima morava com o padrasto desde os 2 anos de idade, o considerava como pai”

Uma jovem de 18 anos foi morta pelo padrasto, que queria se vingar da mãe da garota. Segundo a investigação, Niel Matheus matou Gabriela porque não aceitava o fim do relacionamento com a mãe da vítima.

PUBLICIDADE

Um homem querendo se vingar da companheira mata a sua filha de 18 anos, de acordo com informações a jovem foi morta pelo padrasto ele queria apenas Vingança e tirou a vida da menina.

Segundo a investigação Niel Matheus matou Gabriela por que não aceitava o fim do relacionamento com a mãe da jovem, logo após tirar a vida da menina ele avisou para os vizinhos que tinha feito e fugiu ele está sendo procurado pela polícia.

PUBLICIDADE

Niel tem 40 anos ele avisou algumas pessoas por mensagem WhatsApp que havia matado Gabriela e iria fugir, quando eles foram olhar o que tinha acontecido encontraram a jovem sem vida.

Os vizinhos disseram que Gabriela tinha Niel como um pai mas ele cego por não aceitar o fim do relacionamento tirou a vida da jovem que não tinha nada a ver com aquilo, segundo os vizinhos o relacionamento do casal durou muito tempo mais de 16 anos eles tinha um relacionamento duradouro.

PUBLICIDADE

Por isso Gabriela tinha Niel como pai porque desde a infância esteve sob os cuidados dele, embora tenha vivido tanto tempo e tenha criado a menina como se fosse o pai decidiu tirar a vida dela de forma como Vingança contra a mãe.

Os vizinhos ainda não acreditam no que aconteceu dizem que Niel era uma pessoa tranquila e estão assustados dele fazer uma barbaridade dessa tirar a vida de uma jovem que era muito querida por toda a vizinhança.

PUBLICIDADE

A delegada responsável pelo caso disse que a mãe de Gabriela chegou a fazer um boletim de ocorrência em 2019 devido a ameaças de Niel, o crime aconteceu na Rua Beija Flor no bairro agronomia.

Segundo a polícia a causa da morte foi asfixia por estrangulamento, mas o corpo ainda deve passar por perícia, nas redes sociais é possível ver que a Gabriela e o padrasto tinham um bom relacionamento, ele a tratava como filha.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.