Jovem de 23 anos é atropelado na porta do hospital minutos depois de ver pela primeira vez seu filho que nasceu, família doou seus órgãos

Jean Carlos Ribeiro da Rosa teve morte encefálica depois que ficou internado 22 dias.

PUBLICIDADE

Um jovem de 23 anos morreu atropelado depois de ver o seu filho que nasceu. A morte do rapaz teria acontecido na tarde de sábado 26 e o jovem foi atropelado na porta do hospital no dia 5 e desde então seguia internado em estado grave.

Jean Carlos Ribeiro da Rosa teve morte encefálica depois que ficou internado 22 dias e a família decidiu doar seus órgãos. O caso teria acontecido no dia 5 de março em Curitibanos que fica no Oeste de Santa Catarina.

PUBLICIDADE

Jean teria ido ao hospital Hélio anjos Ortiz com sua mulher em trabalho de parto no início da tarde daquele sábado.

O jovem todo feliz gravou o parto e fez fotos com o filho antes que ele a mãe fossem levados para o quarto para se recuperarem da cirurgia.

PUBLICIDADE

Nesse momento Jean aproveitou para ir em uma lanchonete comer, mas foi atropelado na porta do hospital. Teve traumatismo craniano, lesão na coluna fratura, na costela, perda de um pulmão e diversas outras lesões.

O motorista que era um senhor de 72 anos que prestou socorro ao jovem, mas não ficou ferido. Jean estava internado na UTI do hospital em Caçador na mesma região.

PUBLICIDADE

Os médicos sempre falavam sobre o risco de Jean vir a óbito após a pancada em sua cabeça que foi muito grave.

Jean teve morte encefálica e sua família decidiu doar os seus órgãos, ele deixou a mulher, um filho de 3 anos e o recém-nascido.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.