Jovem pobre foi diagnosticada com uma doença no rim bem rara, o hospital deu assistência educacional e ela conseguiu passar na faculdade de medicina

Mesmo internada no hospital jovem continua estudando e o resultado disso foi sua aprovação em medicina

PUBLICIDADE

Amanda Vitória é vitoriosa e dedicada. A jovem acabou tendo que fazer hemodiálise e assim que o resultado sai ela é surpreendida com a notícia que seria necessário retirar o rim dela, consequentemente a jovem passou boa parte de sua adolescência no hospital para se recupera totalmente, no decorrer dos meses ela resolveu continuar estudando mesmo que fosse no hospital pois tinha o sonho de passar em faculdade de medicina.

Ela se dedicou, se esforçou e como consequência do seu empenho ela conseguiu sua tão sonhada aprovação.

PUBLICIDADE

Amanda mora em Porto Alegre na comunidade Lomba do Pinheiro. Com 12 anos, Amanda começou a sentir algumas dores, sua família recorreu e internou ela no hospital, lá ela foi diagnosticada com Granulomatose de Wegener, todos ficaram surpreendidos pois é uma doença autoimune e bem rara.

Ela passou por um transplante pois a doença afetou seu rim e ela teve que fazer hemodiálise, infelizmente ela perdeu o transplante e voltou novamente para fila de transplante e ficou aproximadamente mais de 50 dias internada no hospital.

PUBLICIDADE

Como Amanda passou muito tempo no hospital, ela se apaixonou pelos médicos e os enfermeiros e decidiu que seria ser médica também.

Amanda relata que: “No período que estava no hospital, vi muitas pessoas que chegavam muito doente porém depois de um tempo as pessoas que entraram mal saiam de lá bem. Então surgiu em mim uma vontade imensa de ajudar as pessoas assim como os médicos do hospital estavam fazendo”.

PUBLICIDADE

A jovem tinha suas dúvidas pois não seria possível estudar para o curso no estado que ela estava.

Além de Amanda ficar internada muitos dias ela consequentemente perdeu um ano escolar porém mesmo levando em consideração o que ela estava passando, a jovem tinha um desejo enorme de estudar.

Taynan irmã de Amanda conta que. “Levávamos vários livros para o hospital, pegamos um notebook emprestado para que fosse possível de Amanda fazer as atividades escolar.

Amanda atravessou os obstáculos e consegui se formar no ensino médio e também providenciou uma formatura linda para ela, dentro do hospital mesmo.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.