Justiça manda prender homem que tirou a vida de dona de casa por um simples pedaço de bolo

A justiça pediu a prisão de Nelson Oliveira Bueno.

PUBLICIDADE

A justiça pediu a prisão temporária por 30 dias do homem acusado de matar uma dona de casa por uma briga por causa de um pedaço de bolo. Nelson Oliveira Bueno de 47 anos é acusado de matar Vanderléia Inácio dos Santos de 25 anos em Sete Barras interior de São Paulo.

A morte de Vanderléia completa um mês na próxima segunda-feira 15 e Nelson está foragido. A Polícia Civil realiza buscas na intenção de conseguir encontrar o paradeiro do acusado.

A morte da dona de casa está sendo investigado pela delegacia de Sete Barras e a polícia pede ajuda da população, quem tiver qualquer informação que possa levar ao paradeiro de Nelson que entre em contato pelo 190 ou através do Disque Denúncia 181.

Nelson compareceu espontaneamente à Delegacia da cidade três dias depois de cometer o crime, ele foi indiciado por homicídio qualificado, o homem compareceu à delegacia na presença de seu advogado e mesmo depois de confessar o crime não foi preso por que não houve flagrante e não havia mandado de prisão contra ele.

PUBLICIDADE

Tudo aconteceu no dia 15 de junho e o motivo foi banal. A família mora no bairro Onça Parda e um familiar contou que Vanderléia havia oferecido um pedaço de bolo a esposa de Nelson em uma festa de junina.