Traficantes obrigam sacerdotisa de 80 anos a quebrar as imagens de seu terreiro.

Sacerdotisa é rendida por traficantes e é obrigada a destruir as imagens de orixás de seu terreiro.

PUBLICIDADE

Nesta quinta-feira (11) , traficantes conhecidos como “bandidos de Jesus” renderam uma senhora de 80 anos por volta de meio dia, em Duque de Caxias e a obrigaram a quebrar as imagens de orixás que havia em seu terreiro.

A casa funcionava há 50 anos, pessoas próximas declararam que a senhora, sacerdotisa daquele local, ajudava com cestas básicas as famílias necessitadas, e é acolhedora com as pessoas.

A sacerdotisa ao atender a porta se deparou com os quatros criminosos armados que a renderam e a obrigaram a quebrar todos os símbolos e ainda ameaçaram voltar para colocar fogo na casa.

“Pondero, mais uma vez, que a intolerância religiosa é uma questão social, política, religiosa e precisa ser debatida com toda a sociedade. A liberdade religiosa é um direito de todos e garantido constitucionalmente. Exigimos o máximo de averiguação sobres os casos e respostas imediatas do poder público!!!”, disse Ivanir. Líder da CCIR (Comissão de Combate à Intolerância Religiosa).

PUBLICIDADE

Em uma reportagem que concedeu incrementou dizendo que não é só na baixada fluminense que casos como esse aumentaram, mas também na Região dos Lagos e na Zona Norte do Rio.

“ Temos mais de 200 casas ameaçadas, onde alguns foram expulsos e outros invadidos”