Justiça reduz a pena de Júlio Cesar acusado de matar Vitória Gabrielly de 12 anos: “Somente os pais ficarão presos para sempre na dor e saudade”

A Justiça de São Paulo reduziu de 34 para 23 anos e 4 meses a pena do pedreiro acusado de matar Vitoria Gabrielly, de 12 anos. O crime ocorreu em junho de 2018.

PUBLICIDADE

Vitória Gabriela foi morta no mês de junho 2018, a Justiça de São Paulo havia decretado a diminuição da pena do pedreiro acusado de matar a adolescente de 12 anos, ele foi condenado à 34 anos de prisão e isso foi reduzido pela justiça para 23 anos e 4 meses.

PUBLICIDADE

Júlio César foi condenado 2019 a Justiça determinou 34 anos de prisão em regime fechado, acusado de ter participado na morte da menina.

Dois desembargadores foram a favor da redução de quase 11 anos na Pena de Júlio César apenas desembargador Cláudio Marques foi contra a essa decisão.

PUBLICIDADE

Vitória Gabriela de 12 anos desapareceu ao sair de casa e passear de patins, ela estava indo em direção ao ginásio de esportes, tinha combinado com uma amiga de estaria nesse local.

PUBLICIDADE

Apenas uma imagem de câmera de segurança registrou o momento que ela passava pela rua, esse caso mobilizou todo o país principalmente os moradores de Araçariguama interior de São Paulo.

As buscas iniciaram alguns acreditavam que ela estava viva, mas infelizmente o corpo foi encontrado na mata próxima do local onde ela morava.

A partir de então iniciou uma forte investigação para descobrir quem teria matado a adolescente, ela não tinha sofrido abuso e acabaram descobrindo que foi morta por engano, a intenção era matar uma outra adolescente que se parecia muito com ela, seria como vingança ao irmão.

Após investigações o pedreiro Júlio César foi preso acusado de envolvimento na morte da menina, o julgamento durou mais de 11 horas Júlio César foi apontado como acusado por ter um papel decisivo na morte de Vitória, foi condenado a 34 anos de prisão.

Mayara Abrantes e Bruno Oliveira também estão presos acusados do mesmo crime mas ainda não foram julgados.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.