Mãe de bebê que foi afogada pelo ex declara: “Sobrevivendo um dia de cada vez”

Thayla Cristina Ferreira foi afogada pelo ex-namorado da mãe

PUBLICIDADE

A cozinheira Maria de Jesus Ferreira, de 25 anos de idade, ainda sofre tentando esquecer uma tragédia que aconteceu em sua vida no último domingo (15). Ela precisou ver a própria filha morta em um lago localizado na área da periferia, no bairro Universidade, em Macapá (AP).

O ex-namorado de Maria de Jesus foi quem matou a bebê. Ele confessou ter matado a menina por não aceitar o fim do relacionamento com a mãe dela e por sentir ciúmes dela também.

PUBLICIDADE

Thayla Cristina Ferreira morreu 48 horas após ter completado um ano de idade. Ela ainda estava começando a aprender a se comunicar com as primeiras palavras, além disso ela também estava ensaiando dar os primeiros passos.

A mãe se lembra da filha como uma menina muito alegre e que sempre estava sorrindo. Maria ainda declarou que desde a morte da filha está destruída e que agora não consegue mais pensar no futuro, e apenas está sobrevivendo um dia de cada vez.

PUBLICIDADE

Segundo a Policia Civil informou, o crime aconteceu entre 0h e 1h do domingo. O homem acusado de matar a menina, Messias Machado Barbosa de 29 anos de idade, relatou que um dia antes de cometer o assassinato da filha da ex-namorada, ele havia ido até a casa dela.

Ao chegar na casa da ex-namorada, os dois acabaram tendo uma discussão pois ela se recusou a sair com ele para ir em uma festa. O desentendimento entre os dois acabou fazendo com que eles terminassem o relacionamento.

PUBLICIDADE

Depois da primeira discussão, quando Maria retornou do trabalho no primeiro dia, Messias estava em frente a sua casa a esperando. Eles tiveram novamente uma discussão. Ela acabou sendo agredida pelo homem e conseguiu fugir para pedir ajuda na casa de uma vizinha.

Ao retornar para sua casa, Thayla que estava aos cuidados de uma tia de Maria, havia sido levada por Messias. O homem levou a criança para sua casa, e segundo um vídeo que circulou pela internet, ele iria devolver a criança para a mãe, mas no momento em que estava retornando para devolve-la para a mãe, decidiu jogar ela no lago.

Familiares de Maria chegaram a ir na casa do homem mas não o encontraram. Após muitas buscas pela região, a criança foi encontrada por moradores dentro do lago.

Ela conta que soube da morte da filha através do irmão do irmão do acusado, que ligou para ela pedindo para que ela preparasse o coração que ele iria ao seu encontro. Ao chegar ao local, a mulher dele foi quem deu a notícia de que a menina havia sido encontrada morta no lago.

 

Via: uol.com.br

PUBLICIDADE

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.